MEU CARRINHO
O meu Carrinho está vazio

SUPORTE

Newsletter

DIPOL Revisão Semanal - TV e SAT TV, CCTV, WLAN
No. 4/2020 (Jan. 27, 2020)
A Inteligência Artificial criará vídeos com base na descrição do texto. Um grupo de pesquisa internacional desenvolveu uma ferramenta capaz de gerar vídeos com base em entradas de texto e repositórios de vídeo. Para criar rapidamente vídeos de alta qualidade, os utilizadores não precisam ter nenhum conhecimento de edição de vídeo ou utilizar um software caro. A ferramenta analisa gravações de vídeo disponíveis no repositório e seleciona imagens que melhor correspondem ao texto introduzido pelo utilizador. A descrição da cena é analisada usando técnicas de PNL (processamento de linguagem natural) e métodos semânticos que permitem combinar as palavras com as tomadas apropriadas. Posteriormente, o vídeo é otimizado através de cortes e trocas automáticos de frames. As cenas podem ser "manualmente" modificadas usando palavras-chave específicas para diminuir a ação ou alterar o número de cortes.
Uma breve demonstração em vídeo do software
A gravação é visualmente otimizada. O software seleciona as melhores fotos em termos de enquadramento, estabilização de frame e iluminação. Cada frame está sujeito a avaliação; aqueles com uma classificação mais alta têm uma probabilidade maior de chegar ao vídeo final. Os utilizadores podem verificar a qualidade da gravação gerada e introduzir alterações a qualquer momento.
Investigadores testaram o seu software em vários repositórios de vídeo, juntamente com documentos de texto relacionados ao tema. Testes de utilizadores mostraram que pessoas sem qualquer tipo de conhecimento são capazes de usar a ferramenta para criar vídeos editáveis de alta qualidade mais rapidamente do que profissionais que usam software de edição de vídeo especializado.
Fonte de alimentação redundante para dispositivos TERRA. Os sistemas de fonte de alimentação redundante são frequentemente empregados em locais selecionados para garantir uma fonte de alimentação confiável. Isso significa que um determinado dispositivo está equipado com uma segunda fonte de energia independente, ativada sempre que a fonte de alimentação básica falhe.
Embora sejam de pouca importância do ponto de vista da vida e da saúde humanas, as falhas no sistema de TV podem ser altamente inconvenientes. Cortes de energia temporários podem aumentar consideravelmente os custos de manutenção do sistema, enquanto as perdas de sinal causam insatisfação do utilizador. Para garantir o mais alto padrão de redes de TV, a DIPOL oferece uma fonte de alimentação UP413 12V/4.5A R82533 de alta qualidade dedicada ao uso com os dispositivos modulares da TERRA.
A fonte de alimentação UP413 R82533 gera tensão de 12 V e é projetada para alimentar dispositivos dedicados à recepção e processamento de sinais de televisão: amplificadores de canal e banda larga, estações principais baseadas em transmoduladores TERRA e sistemas de televisão IPTV TERRA. Numa situação em que duas dessas fontes de alimentação são usadas, a falha de uma delas não afeta a operação do sistema de forma alguma - a fonte de energia é automaticamente e imediatamente trocada para a outra fonte de alimentação.
Certificados de segurança de rede para dispositivos de CFTV. Qualquer sistema de monitorização acedido de fora pela Internet corre o risco de um ataque cibernético. Isto aplica-se a objetos de importância estratégica e de fácil instalação. Os hackers tentam atacar dispositivos online explorando vulnerabilidades que permitem violações de privacidade (visualizações) ou até mesmo assumir o controlo do hardware (e, por exemplo, usam-no para atacar). Além da proteção adequada dos dispositivos, é importante que estes sejam construídos com base no conhecimento atual no campo da segurança. Isso é confirmado pelos certificados relevantes emitidos ao fabricante do equipamento por organismos de certificação independentes.
Os produtos Hikvision atendem aos principais padrões de segurança e proteção de dados, incluindo:
  • ISO 270001,
  • ISO 9001: 2008,
  • CMMI nível 5,
  • AICPA SOC,
  • FIPS 140-2, que se aplica à criptografia de dados em câmaras IP e NVRs, e foi comissionado pelo governo dos EUA.
A Hikvision também é membro do FIRST (Fórum de equipas de resposta a incidentes e segurança), a organização mais importante especializada em prevenção e resposta a incidentes de segurança, composta por quase 400 equipas de várias empresas que lidam com questões de segurança cibernética. Os membros trabalham em estreita cooperação, compartilham os seus conhecimentos, monitorizam ameaças e desenvolvem soluções para aprimorar a segurança do hardware. A troca de informações sobre ameaças e ataques permite reagir rapidamente a uma variedade de ameaças cibernéticas.
Montagem de câmaras de reconhecimento de matrículas. Para garantir o desempenho máximo, câmaras de reconhecimento de matrículas, como, por exemplo, DS-2CD4A26FWD-IZS/P (2,8 - 12 mm) K17893 ou DS-2CD4A26FWD -IZS/P (8 - 32 mm) K17894, devem ser montadas corretamente para capturar a imagem da matricula do carro. Antes de escolher o local apropriado, os seguintes aspectos devem ser considerados: o ângulo de visão ideal da frente do veículo, o número de pixels na matrícula e a distância do local de detecção. Abaixo, poderá encontrar os requisitos básicos de instalação que devem ser atendidos ao instalar câmaras de reconhecimento de matrículas Hikvision:
  • a largura da imagem da matrícula deve estar entre 130 - 300 pixels (ideal: 150-200 pixels);
  • ângulo de visão vertical máximo: 30°;
  • ângulo máximo de visão horizontal: 30°;
  • a diferença do ângulo entre a borda horizontal da imagem e a borda horizontal da matrícula (inclinação) não deve exceder +/- 5°.
Método de montagem vertical, onde:
X - altura de montagem,
Y - distância do solo do local de montagem ao local de detecção,
Z - distância real da câmara ao local de detecção.

Fibras ópticas - conexões WDM ou duplex? Ao selecionar dispositivos para transmissão por fibra ótica, os instaladores podem escolher entre aqueles que trabalham com uma (WDM) ou duas fibras (duplex). A escolha é geralmente ditada por dois fatores: a disponibilidade de fibras no cabo e o preço. No entanto, também vale a pena considerar mais um aspecto estritamente técnico: o uso de um ou dois comprimentos de onda.
Na forma mais simples, a transmissão WDM usa dois comprimentos de onda diferentes numa fibra (normalmente 1310 e 1550 nm, como no caso do conversor de media L11521). As soluções duplex usam duas fibras e apenas um comprimento de onda (por exemplo, 1310 nm) em ambas. Em cada caso, o recurso característico da transmissão por fibra óptica é o fato de diferentes comprimentos de onda serem atenuados de maneira diferente pela fibra óptica. Isto também se aplica à atenuação de "macrobending", isto é, a atenuação causada por dobras superiores a 2 mm de diâmetro. Geralmente, as dobras de fibras causam atenuação substancialmente mais alta para comprimentos de onda mais longos.
Um gráfico a mostrar a relação entre atenuação e comprimento de onda para:
microbendas (azul), macrobendas com 20 mm (vermelho) e 25 mm de raio (verde)
(Os dados são provenientes de estudos realizados pela Cabelcon)
O gráfico mostra que a flexão acidental de fibras resultará numa atenuação diferente para diferentes comprimentos de onda - por exemplo, uma dobra de 20 mm não causa uma atenuação significativamente maior a 1310 nm, mas no caso de 1550 nm, a atenuação da dobra excederá 2 dB. Comparado com a atenuação normal da fibra de cerca de 0,25 dB/km, o aumento na perda é gigantesco. O que importa é, portanto, os valores enquanto tais e as diferenças entre eles.
Vários transmissores HDMI numa rede. Como padrão, apenas um transmissor HDMI-para-IP pode ser usado numa única rede. Isso acontece porque o produtor definiu a mesma configuração de rede em cada transmissor. Os utilizadores não podem alterar as configurações de endereço dos dispositivos HDMI. Como resultado, se dois transmissores forem usados, ocorrerá um conflito de endereço IP, o que interromperá a operação da rede.
Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal HD (multicast)Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal HD (multicast)Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal HD (multicast)Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal HD (multicast)
Um diagrama a mostrar dois transmissores HDMI conectados
O problema pode ser solucionado utilizando um switch gerido e criando VLANs dedicadas. No exemplo acima, os parâmetros do switch podem ser alterados para criar quatro cenários de streaming. No sistema acima, o transmissor 1 está ligado à porta 1 do switch, o transmissor 2 à porta 2, o receptor 1 à porta 11 e o receptor 2 à porta 12.
 Variante #1Variante #2Variante #3Variante #4
Porta 1VID: 11
PVID: 11
VID: 11
PVID: 11
VID: 11
PVID: 11
VID: 11
PVID: 11
Porta 2VID: 22
PVID: 22
VID: 22
PVID: 22
VID: 22
PVID: 22
VID: 22
PVID: 22
Porta11VID: 11
PVID: 11
VID: 11
PVID: 11
VID: 22
PVID: 22
VID: 22
PVID: 22
Porta12VID: 11
PVID: 11
VID: 22
PVID: 22
VID: 22
PVID: 22
VID: 11
PVID: 11
Novos produtos oferecidos pela DIPOL
Detector Movimento Wireless (PIR): Pyronix KX12DQ-WE
Detector Movimento Wireless (PIR): Pyronix KX12DQ-WE G01415 é um detector de movimento passivo sem fio com um elemento piroelétrico quádruplo. Funções avançadas como compensação digital de temperatura, ajuste automático de sensibilidade e a tecnologia Blue Wave tornam-o adequado para uso em edifícios comerciais e residenciais. O sistema óptico hermético garante que o sensor piroelétrico esteja protegido contra insetos, fluxo de ar e luz refletida pelos componentes dentro do compartimento.
Switch Gigabit Mercusys MS105G 5xGE
Switch Gigabit: Mercusys MS105G (5xGE) encontra uso generalizado em pequenas redes de computadores. A sua função Auto MDI/MDIX permite que o instalador pare de se preocupar com o problema dos cabos "simples" ou "cruzados".
Câmara Dome HD-TVI TURBO HD 4.0: Hikvision DS-2CE71D8T-PIRL (1080p, 2,8 mm, 0,005 lx, IV até 20 m, PIR)
Câmara Dome HD-TVI TURBO HD 4.0: Hikvision DS-2CE71D8T-PIRL M75398 é uma câmara projetada para sistemas de CFTV baseados em DVR HD-TVI, que gera uma imagem 1080p de alta qualidade. Com a sua alta sensibilidade (0,005 lx) e um iluminador infravermelho embutido com alcance de até 20 m (tecnologia EXIR 2.0), a câmara garante gravações de alta qualidade e excelentes parâmetros, mesmo em condições de pouca luz.
Vale a pena ler:
Sinais de câmaras em sistemas SMATV. A conversão de sinais de áudio e vídeo (A/V) de banda base, gerados por computadores, reprodutores DVD ou câmaras de segurança, para sinais de radiofrequência (RF) usados em sistemas de TV terrestre requer o uso de um modulador. O dispositivo está equipado com um par ou um conjunto de entradas A/V (RCA, HDMI, etc., dependendo do tipo) e uma saída de RF (comumente conhecida como saída de "antena") e permite a reprodução de áudio e vídeo em canais selecionados em todos os receptores de TV conectados ao sistema. Do ponto de vista do receptor, o programa introduzido no sistema é reconhecido como mais um canal de televisão terrestre... >>>mais
Multiswitches TERRA classe A com garantia de 4 anos
 
SUBSCRIÇÃO
Se esta interessado em receber a nossa Newsletter semanal por email, insira o seu endereço de email:
 
 
NA EDIÇÃO ANTERIOR
ARQUIVO NEWSLETTERS
PROMOÇÃO
NOVOS TÍTULOS
PARA SABER MAIS