MEU CARRINHO
O meu Carrinho está vazio

SUPORTE

Newsletter

Revisão Semanal DIPOL - TV e SAT TV, CCTV, WLAN
No. 5/2021 (Fev. 1, 2021)
Helicóptero em Marte. Já em fevereiro de 2021, o grande rover Perseverance com o helicóptero suspenso Ingenuity pousará no Planeta Vermelho.
O helicóptero Ingenuity faz parte da missão "Mars 2020". Junto com o rover, irão verificar se alguma vez houve condições para o desenvolvimento de vida em Marte. O helicóptero irá verificar se a NASA possui a tecnologia para voar diretamente acima da superfície de outro planeta. O Ingenuity está em construção desde 2014. Curiosamente, o helicóptero descolará apenas quando o rover se mover até pelo menos 50 metros de distância dele. O Perseverance vai assistir o voo com várias câmaras (o rover está equipado com 23 câmaras a bordo).
O helicóptero da NASA está programado para chegar ao Planeta Vermelho a 18 de fevereiro de 2021.
Mesmo um único voo de helicóptero será um grande sucesso (o risco de falha da missão Ingenuity é muito alto). Se o helicóptero conseguir descolar da superfície mais de uma vez, sem dúvida será um grande sucesso (o cenário otimista pressupõe três voos). Devido à baixa pressão, o primeiro helicóptero é um cubo leve (1,8 kg) com laterais de 14 cm de comprimento e rotores de 120 cm de diâmetro. O helicóptero voará 3-10 m acima da superfície e será capaz de cobrir uma distância de (conforme planeado) até 300 metros horizontalmente.
Router acessível para casa. Um dos routers mais populares para casa é o dispositivo Gigabit Archer C6 compatível com o padrão 802.11n ou 802.11ac em velocidades de até 300 Mbps (2,4 GHz) ou 867 Mbps (5 GHz), que possibilita a criação de ligações de rede com fio e sem fio de alta velocidade. Ele é projetado para pequenas empresas e uso doméstico. Utiliza a tecnologia MU-MIMO garantindo eficiência de transmissão sem precedentes, tornando possível a transmissão de vídeo HD, comunicação VoIP e jogos online. A caixa elegante do dispositivo possui um botão que ativa a função Wi-Fi Protected Setup (WPS), ativando conexões criptografadas WPA2 para proteger a rede de ameaças externas.
Características principais:
  • Suporte para o padrão 802.11ac - a última geração de redes Wi-Fi,
  • Conexões simultâneas de até 300 Mbps a 2,4 GHz e até 867 Mbps a 5 GHz,
  • Quatro antenas externas integradas que fornecem sinal estável e cobertura sem fio superior,
  • Portas Gigabit Ethernet garantem alta velocidade de transmissão em redes com fio.
Router Gigabit: TP-Link Archer C6 AC1200 (10/100/1000 Mbps)
Router Gigabit TP-Link C6 Archer MU-MIMO AC1200 4x10/100/1000 Mbps N3255
Sistema de vídeo-porteiro Hikvision no padrão 2 fios. Frequentemente, é necessário substituir o sistema de intercomunicação (vídeo) existente por um mais novo, oferecendo mais funcionalidades e qualidade. Tal atualização pode exigir a substituição da cablagem, por exemplo, com cabos de par trançado para sistemas IP. O videoporteiro Hikvision a operar no padrão de 2 fios é extremamente útil uma vez que possui a mesma funcionalidade do video-porteiro Hikvision IP de 2ª geração. Construir um sistema compacto envolve a conexão de monitores (por exemplo, G74018 DS-KH6320-WTE2) e o módulo de estação de porta principal (G73644 DS-KD8003-IME2) ao distribuidor G74823 DS-KAD706 através de um barramento de 2 fios. O barramento de 2 fios permite tanto alimentar os dispositivos como estabelecer comunicação. Depois de conectar o distribuidor à rede LAN, cada dispositivo (monitor, estação de porta) fica visível na rede com um endereço IP separado. A aplicação iVMS-4200 (v3) é usada para a configuração. Além da funcionalidade básica, ou seja, chamadas de vídeo, o sistema também pode ser controlado com a aplicação para smartphone Hik-Connect. Este pode redirecionar uma chamada para o telemóvel enquanto o proprietário está ausente e abrir remotamente a porta ou portão.
Router Gigabit: TP-Link Archer C6 AC1200 (10/100/1000 Mbps)Monitor Tátil 7DS-KD-ACW1 Hikvision Aro Superfície de 1 MóduloTrinco de Porta Elétrico: Bira ES1-001 (12V AC/DC, ajustável)Fonte de alimentação SMPS AC/DC ZI-2000 12V/2A (para câmaras CCTV)Fonte de Alimentação Comutada: Mean Well HDR-60-24 (24VDC/60W/2.5A)Distribuidor de Vídeo/Áudio/Energia a 2 fios: Hikvision DS-KAD706Monitor Tátil 7DS-KD8003-IME2 Módulo Principal do Intercomunicador de Video IP 2ªGeração (sistema de 2 fios)
Exemplo de um sistema a utilizar o sistema 2-Fios Hikvision
Dupla verificação dos direitos de acesso às gravações. Um operador de sistema de monitorização geralmente pode aceder a um DVR através de uma conta com direitos de acesso limitados. Geralmente, permite uma visualização das imagens atuais das câmaras, enquanto a visualização dos arquivos requer o login numa conta com privilégios mais elevados.
A Hikvision introduziu a função de dupla verificação de acesso para uma extensão temporária dos direitos de acesso. Se o operador deseja aceder às gravações, são necessárias credenciais adicionais (criadas especialmente para esse fim). Ele permanece conectado à sua conta, mas obtém apenas acesso temporário para visualizar as gravações.
A função de dupla verificação funciona para acesso local e remoto (através de um navegador e iVMS-4200). Suporta visualização e arquivamento de gravações.
Visualização da janela de configurações de dupla verificação nos sistemas CCTV da Hikvision
Sistema ótico e de cobre para TV/SAT num hotel. O designer teve três objetivos principais a cumprir. Em primeiro lugar, o sistema devia abranger 5 edifícios de um grande complexo. Este devia distribuir o sinal DVB-T/T2 de um transmissor local e 15 programas de satélite na forma de sinal digital DVB-T/T2. A fim de garantir o melhor sinal de TV terrestre possível e equalizar os níveis de sinal na entrada do sistema, o contratante decidiu usar um amplificador TERRA at440 R82511 de quatro canais programado digitalmente. Além disso, para adicionar o sinal da banda VHF e FM, foi utilizado o amplificador multibanda FM/VHF/UHF ma400 R82520.
Antena TV UHF DVB-T/T2: DIPOL 44/21-60 Tri DigitAntena FM: Dipol 1RUZ PM B (omnidirecional H+V)Antena DAB/DVB-T/T2: DIPOL 7/5-12LNB QUATRO Universal: Inverto HOME Pro 0.3dBFonte de alimentação de comutação TERRA PS202F (20V 2A, SCR digital)Multiswitch Cabo Único dSCR: Terra SRM-522 (290...2340MHz, classe A, TV terrestre passiva)Amplificador Quatro canais: Terra at440 (UHF, DVB-T, AGC) Fonte de Alimentação TERRA UP413 (12V/4.5A, para módulos Terra)Repartidor Optico: Terra so414 (1x4)Amplificador multibanda Terra ma400 (FM/VHF/UHF)Transmodulator TERRA DVB-S/S2 (8PSK, QPSK) to 8xDVB-T (COFDM) TDX-480 (FTA)TV transmissor ótico: TERRA mo418 4D31 (1x6dBm, 1310nm)3-Saidas TV/FM Splitter R-3 Signal8-saidas Derivador: Signal O-8 (5-1000 MHz)Tomada encastrar TV/FM: GAR-TVP8/RS5 (terminal)Nó óptico TERRA OD-005P (receptor FTTH)Nó óptico TERRA OD-005P (receptor FTTH)Nó óptico TERRA OD-005P (receptor FTTH)Nó óptico TERRA OD-005P (receptor FTTH)Antena Parabólica TELMOR 120 TT Standard (grafite)
Diagrama do sistema óptico e de cobre para 5 unidades hoteleiras com distribuição de sinal DVB-T/T2 (4 multiplexes de TV digital terrestre e 8 multiplexes do transmodulador tdx-480 R81621). Parte do sinal de origem foi alocado para a sub-rede local (o prédio com a sala de serviço). Fibras ópticas monomodo foram conectadas aos edifícios restantes.
Os canais de satélite são recebidos e convertidos em padrão DVB-T pelo transmodulador tdx-480 R81621. O conjunto dos painéis utilizados permite a recepção e conversão de 16 canais Full HD via satélite de oito transponders.
O sinal DVB-T/T2 preparado para a distribuição é transmitido para outros edifícios via fibra óptica monomodo. O transmissor óptico mo418 4D31 R82522 com uma potência de laser de 6 dBm foi utilizado para esse fim. Além disso, o divisor óptico so414 R82527 é montado no mesmo trilho DIN R82538 para dividir o sinal em quatro caminhos ópticos. O transmissor é alimentado pela fonte de alimentação DR-60-12 12V/4.5A R82532. A conversão inversa do sinal do meio óptico para o fio de cobre é realizada em edifícios de hotéis por nós ópticos TERRA OD-005P R81760. O nível máximo do sinal na saída do nó é 107 dBµV, o que permite que o sinal de TV seja distribuído para várias dezenas de tomadas R62120 sem a necessidade de amplificadores adicionais. Em tal configuração de dispositivos de fibra óptica, o sinal DVB-T/T2 pode ser transmitido a uma distância de até 12 km.
Sistemas de fibra ótica de TV - nível de sinal ótico vs. qualidade de sinal RF. A fibra ótica é cada vez mais popular em sistemas SMATV. É a solução ideal para uma instalação segura (sem sobretensões) e como resposta para as limitações de transmissão dos cabos de cobre. O conjunto TRIAX TOU 232 A9880 e os receptores TVQ 06 QUATRO A9882 são frequentemente usados ​​quando o barramento de sinal principal é baseado em fibras ópticas, enquanto a parte de acesso do sistema (tomadas) é feita de cablagem de cobre padrão conectada a multiswitches.
A instalação em si, utilizando este tipo de equipamento, não é difícil. Geralmente, são utilizados cabos de fibra óptica já prontos. Para terminações feitas individualmente, são preparados cabos de fibra simples ou dupla. A carga de trabalho para fazer conexões em caixas ou quadros de distribuição, não é portanto significativa. Os problemas, se houverem, estão relacionados à perda substancial da qualidade do sinal após a conversão cobre-óptico-cobre. Pode haver vários motivos para isso:
  • baixa qualidade do sinal de entrada fornecido ao transmissor óptico (antena inadequada, parâmetros de sinal insuficientes) - a conversão do meio sempre deteriora ligeiramente a qualidade do sinal digital (mais sobre isso abaixo), por isso é necessário garantir parâmetros muito bons ou razoavelmente bons do sinal de entrada para evitar quaisquer problemas na entrada do sistema;
  • nível muito alto do sinal de entrada - muitas vezes o transmissor óptico é precedido por um amplificador RF embutido na antena ou um amplificador de mastro, na maioria dos casos resultará em overdriving do transmissor óptico, cujo nível de entrada máximo para o sinal DVB-T é de 97 dBuV e o nível recomendado é de apenas 70 dBuV. Uma antena DVB-T profissional normal equipada apenas com um balun pode fornecer nível de 70 dBuV a distâncias de até 15 km de um transmissor DVB-T típico;
  • nível muito alto do sinal óptico na entrada do receptor A9882, o que também resulta em sobrecarga da entrada óptica e deterioração dos sinais RF de saída que carregam um número inaceitável de erros.
O último motivo mencionado acima é o maior percentual de erros cometidos pelos instaladores. Frequentemente, devido à falta de ferramentas de medição, eles não são capazes de verificar o nível real do sinal no recetor. Em teoria, tais medidores não são necessários, pois todas as informações necessárias para determinar a energia para uma determinada conexão estão incluídas nas folhas de dados dos dispositivos e componentes passivos. No entanto, na prática de instalação, pode-se enfrentar uma série de surpresas (cabo excessivo ou curvatura pigtail, conector sujo) e os parâmetros reais de tais elementos como atenuadores ou divisores podem diferir das especificações declaradas. Por esse motivo, é recomendável usar medidores de potência ótica como Grandway L5822 ou Signal R10837 (dispositivo multifuncional com medidor de potência ótica) mesmo com conexões ponto a ponto simples.
O exemplo abaixo mostra como um nível muito alto de sinal óptico afeta a qualidade do sinal no lado recetor. As medições também foram realizadas para analisar a deterioração geral da qualidade do sinal causada pela conversão do sinal (cobre - fibra óptica - cobre) para níveis normais de sinal. As medições foram feitas para um canal DVB-T a 506 MHz.
O nível do sinal medido diretamente na antena DVB-T é de 65,4 dBuV (o intervalo recomendado é de 67 ... 97 dBuV). Portanto, é um pouco menor que o mínimo fornecido pelo fabricante do conjunto A9880, mas levando em consideração parâmetros de qualidade de sinal muito bons (MER 35,3 dB e BER 3x10 - 5), não foi utilizado nenhum amplificador adicional.
A próxima etapa é verificar o desempenho do transmissor óptico. Usando o medidor GRANDWAY FHP2B04 L5822 e o cabo patch L3233, a intensidade do sinal na saída do transmissor foi medida. O medidor leu 7,11 dBm para um comprimento de onda de 1310 nm, que está de acordo com as especificações do fabricante. Em seguida, o transmissor foi conectado ao recetor Quatro A9882 usando um cabo de fibra óptica previamente preparado. É a rotina de instalação mais comum com base neste conjunto (sem divisores, sem atenuadores). O sinal com uma potência de aprox. 7 dBm foi então fornecido ao recetor. Este é o erro mais comum que os instaladores cometem. A faixa de potência permitida é de -15 ... 0 dBm. A medição do sinal DVB-T na saída do recetor mostrou a intensidade do sinal de 80,9 dBV e o sistema AGC no receptor funcionou, mas a sua qualidade era virtualmente incomensurável. As indicações MER e BER eram muito baixas ou incomensuráveis. Claro, tal sinal não é adequado para distribuição posterior no sistema.
Novos produtos oferecidos pela DIPOL
Botoneira/Estação de Intercomunicação IP: Hikvision DS-KV6113-WPE1 Villa 2ª geração (1 botão, RFID, WiFi, montagem em superfície)
Botoneira/Estação de Intercomunicação IP: Hikvision DS-KV6113-WPE1 Villa 2ª geração G73624. O design elegante e as pequenas dimensões permitem que monte a estação num poste estreito. A câmara colorida embutida com resolução de 2 MP com ângulos de visão amplos (129° (H) / 75° (V)) e um iluminador infravermelho com alcance de 3 m, garantem a observação adequada da área o tempo inteiro. O leitor Mifare embutido (13,56 MHz) permite a abertura da porta com cartões ou tags.
Switch PoE: TP-Link TL-SG2210MP Smart (8xPoE) 2xSFP 802.3af/at 150W
Switch PoE: TP-Link TL-SG2210MP Smart N29965 é um dispositivo avançado para gestão de tráfego de rede. As opções de gestão disponíveis incluem interface de linha de comando (CLI) e gestão via navegador da web. Switches geridos de Gigabit garantem alta estabilidade e desempenho. A operação confiável da rede também é suportada pelo protocolo spanning tree, QoS e recursos de segurança de transmissão robustos.
Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal (4K60, ipcolor)
Conversor/Extensor HDMI para IP: Signal (4K60, ipcolor) H3644 permite a transmissão do sinal HDMI em longas distâncias usando o cabo de par trançado categoria 6 ou superior. O dispositivo transmite uma imagem sem perdas com suporte para HDMI 2.0, HDR (banda de 18 Gbps), DTS. Além disso, o conversor possui um extensor de controlo remoto integrado.
Vale a pena ler:
Monitorização de um prédio de apartamentos utilizando câmaras ColorVu. O diagrama abaixo mostra a monitorização de um prédio de apartamentos com base em câmaras e NVR Hikvision IP pertencentes à série EasyIP4.0 ColorVu. O principal recurso desta série é a monitorização da cena em modo colorido 24 horas por dia, de forma a que as informações relacionadas às cores sejam preservadas independentemente das condições de iluminação predominantes. A área externa ao redor do prédio é monitorizada por oito câmaras compactas DS-2CD2047G1-L K03114 com resolução de 4 MP e lente de 2,8 mm com ângulo de visão de 102°. As quatro câmaras de teto DS-2CD2347G1-L K00311 com resolução de 4 MP foram usadas dentro do prédio... >>>mais
Monitorização de um prédio de apartamentos com câmaras Easy IP 4.0 ColorVu
Bastidores RACK - gama completa de produtos
 
SUBSCRIÇÃO
Se esta interessado em receber a nossa Newsletter semanal por email, insira o seu endereço de email:
 
 
NA EDIÇÃO ANTERIOR
ARQUIVO NEWSLETTERS
PROMOÇÃO
NOVOS TÍTULOS
PARA SABER MAIS