Revisão Semanal DIPOL – TV e SAT TV, CCTV, WLAN

Nº 25/2023 (19 de junho de 2023)

Energia do espaço.

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão pretende colocar um grupo de pequenos satélites equipados com painéis solares em órbita ao redor da Terra. Os satélites recolheriam energia solar e então, usando micro-ondas, transmitiriam sem fios para estações receptoras terrestres.
Os painéis fotovoltaicos em órbita fornecem uma fonte ilimitada de energia renovável, recolhendo energia a qualquer hora do dia com quase nenhum risco (em comparação com muitos fatores que podem danificar os painéis convencionalmente instalados na Terra). Graças ao uso de micro-ondas, a transmissão de dados não é comprometida por nuvens, por exemplo.
Transmissão de energia sem fios.
A agência espacial japonesa JAXA já tenta há muitos anos tornar possível a transmissão de energia solar do espaço para a Terra. Já em 2015, teve sucesso neste campo: 1,8 kilowatts (potência suficiente para alimentar uma chaleira elétrica) foram transmitidos sem fios a uma distância de 50 metros.
Os possíveis problemas certamente serão a perda de energia durante a transmissão e o custo da própria solução. O custo de fazer satélites que gerariam 1 GW de energia chegaria a US$ 7 bilhões. Apesar do custo ser tão alto, os principais testes estão programados para 2025.

Instalação de headend TERRA.

Dispositivos para sistemas LAN, multimedia e CCTV são feitos de forma a que a sua instalação seja esteticamente agradável e os dispositivos sejam protegidos contra danos mecânicos acidentais. Caixa de metal CD001 R90001 especialmente projetada com calha DIN BD001 montado no painel traseiro é projetado para montar componentes do headend TERRA. A combinação do trilho e da chapa metálica garante uma montagem rígida de até 8 dispositivos numa calha DIN. O painel de ventilação, que consiste em três ventiladores e um termostato, fornece um nível adequado de arrefecimento. O headend é alimentado pela fonte de alimentação UP413 12V/4.5A R82533.
Exemplo de montagem de um headend TERRA numa caixa CD001 com calha DIN BD001 R90001. Além disso, na placa de montagem ID001 R90003, estão montados o comutador SRM-522 R80522 e o comutador Ethernet. Todo o sistema tem o painel do ventilador com um termostato FD001 R90002 adicionado.
O headend inclui:
  • dois módulos TDX-420C com slot CI duplo R81619 – um painel TDX-420C R81619 recebe todo o pacote de sinais de dois transponders de satélite (canais criptografados) e cria dois multiplexes DVB-T adjacentes. Na prática, isso garante 6 canais SD de definição padrão ou 2-3 canais HD de alta definição para cada um dos dois multiplexes DVB-T.
  • dois módulos TDX-420 FTA R81618 – um painel TDX-420 R81618 recebe todo o pacote de sinais de dois transponders de satélite (canais criptografados) e cria dois multiplexes DVB-T adjacentes. Na prática, isso garante 6 canais SD de definição padrão ou 2-3 canais HD de alta definição para cada um dos dois multiplexes DVB-T.
  • duas fontes de alimentação UP413 R82533 – o arranjo de dois dispositivos permite a fonte de alimentação redundante do equipamento TERRA. Quando duas unidades são usadas, a falha de uma não afetará a operação de todo o sistema: a fonte de alimentação será comutada instantânea e automaticamente para a outra fonte de alimentação.

Sistema de monitorização IP utilizando a câmara bispectral.

A câmera bispectral é uma solução que combina as vantagens da monitorização tradicional, permitindo a identificação de pessoas durante o dia ou a noite com iluminação adicional e imagem térmica. Um termovisor não precisa de iluminação adicional para funcionar corretamente. Qualquer objeto com temperatura acima do zero absoluto (0 K = −273,15°C) emite raios infravermelhos. Uma câmara de imagem térmica permite ver a distribuição de temperatura na superfície desse corpo e, assim, detectar pessoas e animais sem iluminação adicional à noite e em condições climáticas difíceis. Ao conectar a câmera bispectral ao DVR, a imagem do sensor de luz visível e a imagem térmica podem ser adicionadas a dois canais separados. Além disso, as imagens podem ser integradas (sobrepostas) para obter uma imagem térmica de melhor qualidade. A câmara suporta também a análise de imagem VCA que pode ser usada para implementar proteção de perímetro. Abaixo, é apresentado um exemplo de sistema de monitorização com uso de câmera biespectral. O sistema foi construído com três câmeras DS-2CD2043G2-I K03207 e uma câmera bispectral DS-2TD2628-3/QA K04987. O vídeo das câmaras é gravado no DS-7608NXI-K1 K22069 DVR. As gravações das câmaras são armazenadas em uma unidade M89270 WD de 2 TB. O acesso ao sistema da rede externa é fornecido pelo router Mercusys AC12G N2933.
Câmara IP Compacta: Hikvision DS-2CD2043G2-I (4 MP, 2,8 mm, 0,005lx, IV até 40m, WDR, H.265, AcuSense)Câmara IP Compacta: Hikvision DS-2CD2043G2-I (4 MP, 2,8 mm, 0,005lx, IV até 40m, WDR, H.265, AcuSense)Câmara IP Compacta: Hikvision DS-2CD2043G2-I (4 MP, 2,8 mm, 0,005lx, IV até 40m, WDR, H.265, AcuSense)Switch PoE: ULTIPOWER PRO0208afat (120W, 10xRJ45,  8xPoE 802.3af/at, PoE Auto Check)Monitor HIKVISION DS-D5022FN-C (21,5', 16/7, HDMI, VGA, TN)HDD Western Digital PURPLE WD20PURZ 2TB (3.5Router Gigabit: Mercusys AC12G (AC1200, 2.4GHz, 5GHz, 3xLAN (GE), 1xWAN (GE))
Sistema de vigilância por vídeo doméstico com o uso de câmera bispectral

Melhorar o sinal LTE em casa.

O repetidor Signal GDW-505 A6777 é usado para amplificar sinais EGSM, GSM, DCS, WCDMA e LTE e trazê-los para dentro de casa. O aparelho é ideal para locais onde o sinal é tão fraco que é impossível fazer ligações ou transmitir dados pelo telemóvel. Um exemplo pode ser um local distante do transmissor ou um prédio com paredes grossas, porões (cafés) ou janelas modernas com vidros revestidos com compostos metálicos.
Instalação do repetidor Signal GDW-505 A6777:
  • escolha um local fora do prédio onde o sinal de telemóvel seja recebido corretamente,
  • montar a antena externa (A741031) de forma que fique voltada para a estação base GSM,
  • escolha um local para instalação do repetidor num sítio dentro do prédio para colocar a antena interna na parte central do prédio/hall/sala a ser coberta,
  • verifique se a distância entre as antenas externa e interna é de pelo menos 10 m,
  • instale o repetidor GDW-505 longe de fontes de calor, garantindo o arrefecimento adequado do dispositivo,
  • verifique a exatidão das conexões dos fios entre o repetidor e as antenas (os sockets das antenas externa e interna são marcados de acordo),
  • conecte a fonte de alimentação na tomada de 230 VAC.
O diagrama abaixo mostra a instalação correta do repetidor numa casa unifamiliar.
Cabo N-Macho para N-Macho (5m RF-5)Cabo N-Macho para N-Macho (10m RF-5)Antena 4G/3G/GSM: TRANS-DATA LTE KYZ 7.5/8/10 Repetidor GSM: Signal GDW-505 (EGSM, GSM, DCS, WCDMA, LTE) (sem PSU)Antena GSM/DSC/UMTS: TRANS-DATA DW3-AAdaptador AC/DC 12V 3A
Instalação do dispositivo numa casa unifamiliar

Ultimode OPM-2: medidor de potência óptica 4 em 1.

Ultimode OPM-2 é um medidor projetado para medições em redes de fibra ótica. O medidor possui várias características que o distinguem de muitos dispositivos semelhantes no mercado. Dentre estes, os mais importantes são:
  • calibração para 10 comprimentos de onda, para que possa ser usado em aplicações menos comuns, como redes CWDM, etc.
  • "4 em 1" – além da função de medidor, o OPM-2 combina as funções de um localizador visual de falhas, testador de conexão RJ45/UTP e uma tocha.
  • calibração manual de leituras – esta função, raramente encontrada em aparelhos desta classe, permite corrigir as leituras do medidor após compará-las com um aparelho de referência.
Medidor de Potência Ótica Optokon PM-800
Medidor de potência ótica Ultimode OPM-2 L5818
O OPM-2 permite medição de potência absoluta, bem como medição de referência. É um equipamento obrigatório para qualquer instalador de sistemas de cabeamento de fibra óptica.

Novos produtos oferecidos pela DIPOL

Câmara IP Cube: Hikvision DS-2CD2421G0-IW (2 MP, 2,8 mm, 0,028 lx, IV até 10 m, Wi-Fi, PIR, PoE)
Câmara Cube Hikvision DS-2CD2421G0-IW K17161 é dedicada para uso em sistemas CCTV baseados em DVRs IP. Possui sensor de imagem de 2 MP de qualidade e oferece imagem superior com alta fidelidade de reprodução de cores e baixo ruído na ausência de iluminação. Iluminador IV embutido com alcance de 10 m, baseado na tecnologia EXIR garante operação adequada em condições de pouca iluminação. O sensor infravermelho passivo (PIR) integrado permite a deteção precisa de movimento.

Câmara IP PT: Hikvision DS-2CD1A43G0-IZU (4 MP, 2,8-12 mm MZ lx, IV até 50 m, Pan/Tilt, IP66, PoE)
Câmara IP PT Hikvision DS-2CD1A43G0-IZU K17905 IP Pan/Tilt que permite rotação horizontal de -100° a 100° e rotação vertical de -20° a 45°. Este modelo é dedicado para uso em sistemas de monitorização baseados em IP DVRs. A câmara está equipada com um sensor CMOS de 4 MP 1/3" e um iluminador IV EXIR com alcance de até 50 m para garantir visibilidade adequada em condições de pouca luz. Possui uma lente varifocal 2,8-12 mm tipo Motozoom MZ (motozoom ), permitindo a mudança do ângulo de visão na faixa de 96,7-29,2°.

Câmara IP de Teto: Hikvision DS-2CD2387G2-L(C) (8 MP, 2,8 mm, 0,0005lx, IV até 30 m, WDR, H.265, ColorVu, AcuSense)
Câmara Hikvision DS-2CD2387G2-L(C) K01504 IP de teto EasyIP 4.0 Series que combina duas tecnologias-chave ColorVu e AcuSense (2ª geração). Com a tecnologia ColorVu, a câmara pode capturar imagens coloridas 24 horas por dia, mantendo importantes detalhes de identificação. A tecnologia AcuSense aumenta a eficácia do sistema de vigilância, eliminando falsos alarmes e incómodos por meio da filtragem de objetos humanos/veículos.

Vale a pena ler:

Switches para instalação em poste. Switches industriais são projetados para sistemas em instalações industriais onde condições adversas, como aumento de poeira, alta ou baixa temperatura ou alta humidade são possíveis. A instalação de switches industriais também é recomendada para cabeamento aéreo em postes ou em câmaras de cabos, com o uso de caixas estanques. Os switches Ultipower possuem portas Ethernet (Fast Ethernet ou Gigabit Ethernet, dependendo do modelo) para conexão de dispositivos como câmaras IP ou PCs. O invólucro atende ao padrão IP40 (proteção contra acesso a partes perigosas, proteção contra objetos sólidos estranhos com mais de 1 mm de diâmetro). Todas as portas suportam PoE (o switch deve ser alimentado com 48 VDC). Os switches estão equipados com uma porta SFP para converter o meio de transmissão em fibra ótica...>>>mais
No exemplo acima, as chaves foram instaladas em caixas estanques em postes.
Antena de TV DIPOL SMART CITY DVB-T2
Antena SMART CITY DVB/T2 com bypass até 40 km do transmissor